Posts de Marcas Brasil Com e Mkt

Agência de Publicidade e Propaganda em Americana / SP Missão Oferecer soluções criativas de comunicação em curtos prazos para satisfazer as necessidades dos clientes de acordo com os valores de qualidade, inovação e respeito ao ser humano. Visão Ser reconhecida como uma agência de comunicação completa para oferecer serviços e produtos e qualidade e por preços acessíveis. Valores Profissionalismo qualificado, compromisso ético e responsável com todos os envolvidos nesta esfera da comunicação, desde funcionários, fornecedores e principalmente clientes. Benefícios Prazo de entrega: Agilidade para atender sempre a necessidade do cliente; Harmonia nas ilustrações onde todas as peças são desenvolvidas de acordo com as regras de Design e contando sempre com muitos anos de experiência nessa atividade; Excelência de Qualidade, tanto no trabalho apresentado, materiais produzidos, quanto nos fornecedores indicados.

Marketing online e marketing offline

Realizar estratégias de marketing online e offline deve fazer parte da rotina de empresas de qualquer porte. Afinal, elas possibilitam reforçar a imagem da marca na mente de quem já é cliente, além de possibilitar a captação de novos leads.

Atualmente, o ambiente online é bastante lembrado ao construir estratégias de marketing, porém a tendência atual é integrar canais online e offline, de modo a oferecer experiências distintas para públicos variados. Além disso, por meio do virtual e do presencial, é possível criar ações mais eficientes.

A seguir, vamos explicar o que é marketing online e o que é marketing offline e vamos sugerir exemplos de como integrá-los!

Marketing offline
Também conhecido como marketing tradicional, marketing de interrupção ou outbound marketing, esse tipo de marketing é utilizado até hoje para criar ações que ofertam produtos diretamente para o público.

As ações de marketing offline se baseiam nas ofertas e na abordagem direta do cliente, oferecendo o produto ou serviço a ele. Suas ferramentas — como TV, rádio, jornal, outdoor e flyers — são bons exemplos de mídias utilizadas no marketing offline que captam um grande público.

Essas ferramentas, além de atingirem um público variado, possibilitam reforçar a imagem da marca, pois têm grande credibilidade.

Marketing online
O marketing online, por sua vez, é o que acontece dentro da internet. Ele pode ser inbound, isso é, atrai o cliente por meio da criação de conteúdo, mas também pode ser feito de forma parecida com o offline, em posts patrocinados, banners e pop-ups, que são ferramentas que se baseiam na interrupção e oferta de produto ou serviço.

No caso da estratégia de interrupção, o público é impactado pelo conteúdo, por meio de mídia paga. Isso acontece, por exemplo, quando estamos navegando nas redes sociais e recebemos algum link, foto ou texto que foi patrocinado.

Já no caso do inbound, o consumidor recebe o conteúdo porque, de algum modo, buscou por temas ou assuntos que dizem respeito ao universo daquela marca. É o caso do cliente que pesquisa em ferramentas de busca sobre alguma dúvida ou sobre algum tutorial e encontra as informações no próprio ambiente digital.

O inbound pode utilizar estratégias pagas para disseminar conteúdo, mas também funciona de forma orgânica, ou seja, por meio da busca do cliente pelos assuntos que a marca compartilha e trabalha em redes sociais, sites e blogs.

Como integrar marketing online e offline?
Os dois tipos de marketing vão trazer bons resultados para a sua empresa. Mas é preciso, antes de escolher ferramentas e iniciar os investimentos nas estratégias, realizar um planejamento que considere:

  • Público-alvo;
  • Objetivo com a realização da ação.

Isso significa que, por mais que você sonhe em ver sua marca sendo citada em um importante programa de TV, primeiramente deve-se analisar se o público realmente vê esse programa. O planejamento e a análise do público devem direcionar seu investimento sempre!

As ações transmídia, aquelas que sejam online e offline, simultaneamente, fazem com que o público migre pelos ambientes, tendo, portanto, uma experiência mais completa sobre a marca.

Um bom exemplo é a criação de folders com QR code, com o qual o cliente vai acessar online conteúdos sobre a marca ou mesmo ter acesso a algum desconto em produtos ou serviços.

Por fim, é importante compreender que os tipos de marketing não são excludentes, mas podem se complementar na construção de sua estratégia. Por meio de uma campanha integrada e da utilização harmoniosa das mídias online e offline, sua marca conquistará maior público, o que vai gerar crescimento do negócio.

Quer saber qual a alternativa mais adequada para sua empresa? Então entre em contato com a nossa equipe!


Fonte: Sebrae.

Fake news x Trend news

Realmente na internet: nem tudo o que reluz, é ouro! Por isso, é preciso muita atenção na hora de selecionar os assuntos mais relevantes para a sua empresa ou marca. As Trend News, ou “assuntos do momento”, podem ser usadas como estratégia de marketing, pois através delas, você pode reunir as principais palavras-chave que circulam pelas redes sociais, entender melhor o público, suas preocupações e interesses.

Mas é preciso cuidado na hora de selecionar e trabalhar com esses assuntos atuais, pois eles precisam estar alinhados com os valores da sua marca, e que sejam baseados em fontes confiáveis para evitar cair no perigo das fake news.

Fake news ou “notícias falsas”, são as informações noticiosas que não representam a realidade, mas que são compartilhadas na internet como se fossem verídicas. Com a popularização e acesso facilitado aos meios de comunicação, o conceito de fake news ganhou forma. Empregado às notícias fraudulentas que circulam nas mídias sociais e na Internet, o conceito é aplicado principalmente aos portais de comunicação online, como redes sociais, sites e blogs, que são plataformas de fácil acesso e, portanto, mais propícias à propagação de notícias falsas, visto que qualquer cidadão tem autonomia para publicar.

Quer usar os assuntos do momento da melhor forma? Então conte com o trabalho de uma agência de comunicação, como a Marcas BR, nós podemos ajudar produzindo um conteúdo atual, mas sempre alinhado com os valores da sua empresa.

Setembro Amarelo – Crises que vêm e vão

O dia a dia no mundo corporativo não é nada fácil. Com tantos projetos, reuniões, relatórios, e muitas outras tarefas, é comum chegarmos ao final do dia cansados para, no dia seguinte, repetir todo esse processo.

Além disso, grande parte das empresas possuem um ambiente competitivo que não admite fraquezas, principalmente por parte dos empresários e empresárias que são vistos como exemplos e devem sempre serem fortes e autossuficientes, mas não é sempre assim, e tudo bem. Todas as pessoas tem dias bons e ruins, essa crise financeira em decorrência da epidemia de Covid-19 não é a primeira e consequentemente não será a última, por isso o mais importante é cuidar da sua saúde.

Segundo levantamento do Ministério da Saúde, a cada 45 minutos, uma pessoa tira a própria vida no Brasil, sendo esta a quarta principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. No mundo os números são ainda maiores, com um suicídio a cada 40 segundos. Por isso é tão importante discutir sobre o assunto, e isso pode ser feito no ambiente corporativo também.

É importante que a empresa faça um trabalho de conscientização perante toda a organização para que os funcionários aprendam a respeitar e ajudar as pessoas que eventualmente estejam passando por um momento desse. O papel primordial da empresa é apoiar, não é recriminar, julgar ou tentar encontrar causas ou motivos para as pessoas que estão adoecidas mentalmente. Qualquer pessoa, por mais forte e resiliente que seja, está sujeita a vivenciar algum tipo de adversidade na vida que pode desencadear transtornos mentais e por isso, não podemos ter uma visão preconceituosa dentro das empresas.

Em segundo lugar, a empresa precisa dar um espaço para que o trabalhador, que não está se sentindo bem ou que está se sentindo comprometido nas suas faculdades mentais de alguma forma, tenha amparo e assistência médica especializada.

Essas práticas são muito fáceis de serem implementadas e trazem um resultado muito positivo. As empresas que fazem esse trabalho de discussão, desmitificação e criam um canal de atendimento e encaminhamento, geram um ambiente de trabalho mais saudável e são feitos verdadeiros milagres na prevenção do suicídio.

O auxílio também pode vir de desconhecidos, através de ligações que podem ser feitas para o telefone 188, do CVV – Centro de Valorização da Vida, que presta apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo de forma voluntária todas as pessoas que querem e precisam conversar. Nas ligações, a pessoa não precisa se identificar e o atendimento pode ser feito também por e-mail e chat disponível no site https://www.cvv.org.br/